af topo site doe

Complexo, Doe, Hospital

Pessoas físicas e jurídicas têm até o dia 30 de dezembro para destinar parte do IR para o Pequeno Príncipe

Por meio de Renúncia Fiscal, empresas e cidadãos garantem reformas, atualização do parque tecnológico e atendimento humanizado a milhares de crianças e adolescentes

af share facebook

Pessoas físicas e jurídicas têm até o dia 30 de dezembro para colaborar com a causa da saúde infantojuvenil. Através da Renúncia Fiscal (redirecionando parte do Imposto de Renda devido), cidadãos e empresas podem colaborar com o maior hospital pediátrico do país, que desde o início das suas atividades, em 1919, conta com o apoio da sociedade para oferecer o que a medicina tem de melhor em diagnóstico e tratamento. Só na última década, foram mais de 3 milhões de atendimentos.

Para fazer parte deste time do bem, o primeiro passo é acessar o site www.doepequenoprincipe.org.br. Pessoas físicas devem declarar em formulário completo. É possível doar até 6% ao Fundo para a Infância e Adolescência (FIA), direcionando-os para os projetos do Pequeno Príncipe que estão aprovados nos conselhos de direitos das crianças e adolescentes e que podem receber repasses de qualquer lugar do Brasil.

Já as pessoas jurídicas que declaram pelo lucro real podem destinar até 1% ao Fundo para a Infância e Adolescência (FIA) e até 4% pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Ainda é possível reverter mais 1% para o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon); 1% para o Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas/PCD); e 1% para a Lei de Incentivo ao Esporte.

Atualmente, grandes projetos de atendimento, pesquisa e melhoria de diagnóstico estão em desenvolvimento com recursos vindos de doações, seja por meio de renúncia fiscal, destinação de recursos de multas, emendas parlamentares ou doação direta. Um investimento que envolve cerca de R$ 15,2 milhões.

“Aproveitamos os financiamentos por meio de Renúncia Fiscal para atualizar nosso parque tecnológico, investir em formação para manter a excelência técnico-científica e garantir o atendimento humanizado. Tudo na área da saúde é muito caro, e só com a soma de esforços, alcançamos resultados que representam mais oportunidades de tratamento e melhores condições de vida para nossos pacientes”, ressalta a diretora executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro.

No Brasil, de acordo com dados da Receita Federal de 2013, cerca de R$ 5,7 bilhões poderiam ser disponibilizados pelos cidadãos a projetos de Renúncia Fiscal. No entanto, menos de R$ 100 milhões foram utilizados. “Esse é um desafio que pretendemos superar com informação. As pessoas precisam saber, que podem transformar vidas sem custo, apenas redirecionando seu Imposto de Renda devido”, ressalta Ety.

Para mais informações, ligue (41) 2108-3886 ou entre em contato pelo WhatsApp (41) 9962-4461.

Investimentos em prol da infância e da adolescência

box_renúncia

+ Notícias

Faça sua doação