coquetel_prestacao_contas_gols_2015_08_20 (1)

Complexo, Gols Pela Vida, Hospital, Instituto de Pesquisa

Pequeno Príncipe reúne investidores para prestação de contas

Participantes do projeto Seleção Gols pela Vida souberam mais sobre os resultados obtidos pelo Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe e os benefícios proporcionados por seus estudos a crianças e adolescentes

Cientista Carolina Prando falou sobre as linhas de pesquisa do Instituto e ressaltou as importantes conquistas obtidas por meio dos estudos
Cientista Carolina Prando falou sobre as linhas de pesquisa do Instituto e ressaltou as importantes conquistas obtidas por meio dos estudos

O Complexo Pequeno Príncipe reuniu na noite dessa quinta-feira, dia 20, no Hospital Pequeno Príncipe, participantes do projeto Seleção Gols pela Vida. Eles foram recepcionados com um coquetel – cedido pela Anis Gastronomia – e assistiram a uma prestação de contas sobre as atividades do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, com o qual colaboram por meio de suas contribuições.

Na ocasião, a cientista do Instituto, Carolina Prando, fez uma breve explanação sobre as linhas de estudo da unidade de pesquisa científica do Complexo. Carolina, que também é médica imunologista do Hospital, ressaltou importantes conquistas e resultados de projetos em desenvolvimento no local.

“Tenho a satisfação de dizer que graças ao Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe nós temos no Complexo os equipamentos mais modernos que podemos utilizar para estudo de genética e bioinformática. Isso nos ajuda com o entendimento de todos os dados que são gerados a partir das máquinas”, salientou Carolina.

Um dos equipamentos de última geração do Instituto – usado em sua Unidade Genômica –, por exemplo, permite que com o uso de um chip sejam sequenciados cerca de 25 mil genes de uma pessoa em um único momento. “É uma máquina que faz o sequenciamento de exoma e genoma. Por meio dela, também podem ser desenvolvidas pesquisas sobre doenças infecciosas, enfermidades oncogenéticas, imunodeficiências primárias e de microbiologia”, explicou a cientista.

Outra conquista do Instituto é o Biobanco, local onde são armazenadas amostras biológicas de pacientes de forma segura, organizada e seguindo regras internacionais para sua utilização. “Com o uso das amostras, estudamos e podemos encontrar o motivo e a explicação da patologia de cada paciente”, disse. “O Biobanco vai beneficiar não somente o Instituto e o Hospital, mas também outros centros de pesquisa de todo o Brasil”, completou.

Sobre o projeto
O projeto Seleção Gols pela Vida é uma das iniciativas que contribuem com a captação de recursos para o Complexo Pequeno Príncipe. Por meio dele, pessoas físicas e jurídicas de Curitiba e região metropolitana, interessadas em investir em estudos científicos, colaboram com a manutenção e a ampliação do trabalho do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. O auxílio é feito por meio de doações continuadas e os investidores sociais têm várias contrapartidas, que garantem visibilidade a eles e acesso a diversos benefícios junto a estabelecimentos parceiros do Complexo.

Instituto de Pesquisa em números
O Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe tem como foco a inovação, colocando a ciência em busca de novos diagnósticos, tratamentos, prevenção e cura de doenças complexas. Confira abaixo alguns números de 2014 relacionados à unidade de estudos científicos do Complexo Pequeno Príncipe.

17 pesquisadores;
7 linhas de pesquisa;
80 projetos em andamento;
29 artigos científicos de alto impacto publicados;
61 instituições parceiras nacionais e internacionais.

  • Cientista Carolina Prando falou sobre as linhas de pesquisa do Instituto e ressaltou as importantes conquistas obtidas por meio dos estudos

  • Cientista Carolina Prando falou sobre as linhas de pesquisa do Instituto e ressaltou as importantes conquistas obtidas por meio dos estudos

+ Notícias

Faça sua doação