Complexo, Hospital

Pequeno Príncipe proporciona semana de conhecimento aos novos participantes do Jovens Talentos

Os 27 universitários de Curitiba e São Paulo serão responsáveis por buscar investimentos para os trabalhos de assistência e pesquisa da instituição

Os universitários aprovados para participar do Jovens Talentos , um dos maiores programas de estágio do 3.º setor no Brasil, estiveram reunidos durante toda a semana no Hospital Pequeno Príncipe e terminaram nesta sexta-feira, dia 7, a fase de imersão e conhecimento sobre os trabalhos realizados pela instituição. Foram selecionados 15 estudantes em Curitiba e outros 12 em São Paulo.

Reunidos desde a segunda-feira, dia 3, o grupo teve a chance de vivenciar de perto a realidade do Complexo Pequeno Príncipe. Os universitários conheceram os serviços de referência da instituição, participaram de oficinas com os pacientes internados e também acompanharam palestras com empresários e executivos parceiros de diversas áreas.

Presente no fechamento dessa imersão, o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, ressaltou aos participantes do Programa Jovens Talentos as características do trabalho desenvolvido em prol de crianças e adolescentes de todo país. “As instituições filantrópicas surgem da necessidade de garantir as necessidades básicas dos seres humanos, como o direito à saúde, previsto na constituição brasileira”, destacou.

Parceiros e apoiadores da instituição reconhecem a importância do Jovens Talentos. . “Minha filha foi integrante do Jovens Talentos e eu sou apoiador do Pequeno Príncipe. Tenho orgulho de dizer que conheço essa ONG de perto. E hoje, falando para esses jovens, tive ainda mais a certeza de que o trabalho terá sempre uma excelente continuidade. Precisamos disseminar conhecimento a quem quer agregar. Eu estou à disposição deles porque sei que eles estão à disposição da sociedade, do Hospital”, complementou Adriano Moura, hoje CFO da Copel, que proferiu palestra na tarde desta sexta-feira.

Resultado

Nesse ano, o maior programa de estágio do terceiro setor do país bateu recorde de inscrições. Ao todo, 2.700 pessoas concorreram às vagas. A administradora e estudante de Psicologia, Maria Carolina Amaral, de 21 anos, está feliz e encantada com a oportunidade de se engajar ainda mais na causa da saúde infantojuvenil. “Essa é a terceira vez que participo, então passar, estar aqui dentro agora já é uma conquista. Tudo o que vivi somente nessa semana já me transformou. Foi inspirador e também quero inspirar a outras pessoas”, contou.

Já quem veio de São Paulo e não conhecia o Hospital Pequeno Príncipe está, agora, pronto para representar e demonstrar o amor à causa. “Eu não conhecia o Hospital, estudei sobre seu trabalho para concorrer à vaga, mas não tinha essa dimensão do que é o Pequeno Príncipe. Estou encantada e muito feliz por fazer parte disso. Nessa semana, com as palestras já notei quais habilidades terei que melhorar. Estou pronta para colocar tudo em prática”, afirmou Gabriele Almeida, estudante de Jornalismo que atuará no escritório em São Paulo.

Sobre os Jovens Talentos

É um dos únicos programas de estágio desenvolvido por uma instituição do terceiro setor no Brasil. Criado em 2009, o Jovens Talentos do Pequeno Príncipe trabalha com o desenvolvimento de uma equipe ágil, cooperativa e apta a atingir objetivos ousados. Os universitários se dedicam às áreas comercial, de relacionamento com clientes e de desenvolvimento de projetos. O programa já contou com aproximadamente 8.300 inscritos e 148 jovens selecionados.

 

+ Notícias

Faça sua doação