DSC_0054

Complexo, Doe, Hospital

Participação do público garante o sucesso da mobilização + Vida: Juntos Somos +

Durante os dias 26 e 27 de novembro dezenas de voluntários arrecadaram recursos ao Serviço de Oncologia, Hematologia e Transplante de Medula Óssea do Hospital Pequeno Príncipe

Nem o calor e muito menos a chuva atrapalharam as ações de dezenas de voluntários nas ruas próximas ao Hospital Pequeno Príncipe, nos dias 26 e 27 de novembro. A mobilização + Vida: Juntos Somos + sensibilizou os motoristas e pedestres que passavam pelas ruas que receberam a ação e conquistou o maior objetivo: conscientizar a população com relação ao câncer, a doença que mais mata crianças em todo o país.

DSC_0076

“Essa mobilização é extremamente importante. O câncer, quando diagnosticado precocemente, dobra as chances de cura. Apoiar essa causa é defender a vida. Ficamos muito felizes porque tivemos mais de 500 voluntários para a ação e a recepção nas ruas foi muito boa. Só podemos agradecer à população pelas doações e por todo apoio ao longo de toda nossa história”, pontuou a diretora executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro.

Juntos somos +

Por meio do uso de cartazes, apitos, bexigas, música, diálogo e distribuição de fôlderes, os voluntários mostraram a importância da causa da saúde infantojuvenil.  A receptividade da população chamou a atenção dos participantes, que arrecadavam recursos para o Serviço de Oncologia, Hematologia e Transplante de Medula Óssea (OHTMO) do Hospital.

DSC_0104

Entre os voluntários engajados, participaram também a BaterAsa (bateria da Atlética de Sociais Aplicadas) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Bateria do C7 (Conselho dos Estudantes do Setor de Tecnologia) da UFPR e a banda Bigode Groove. 

 

“Tenho uns casos de câncer na família e, quando me falaram da ação, eu já quis participar, pois é em prol de uma causa muito importante”, destacou Thiago Machado, vocalista da Bigode Groove, que aceitou o convite sem pensar duas vezes..

Confira os depoimentos do último dia da ação:

“Perdi a minha filha Laura há dois anos. Ela fazia tratamento no Hospital Pequeno Príncipe. Foi muito difícil voltar no Hospital e essa foi a primeira vez que voltei depois dela ter falecido. Fiz questão de vir porque sei da importância que o Hospital tem com relação às crianças com câncer. Tenho outra filha, de oito anos, e antes de vir para a ação hoje ela me disse: ‘se é para o Hospital, leva o dinheiro do meu cofrinho. Também quero ajudar’. Laura era muito feliz aqui no Pequeno Príncipe e contagiava a todos. Hoje retribuo dessa maneira. O tratamento é essencial e apoiar essa causa é algo fantástico.” – Janaina Correia Lima

IMG_7144

“Nunca tinha participado de uma ação desse tipo e adorei! Às vezes, tenho preconceito com as atividades de rua, mas percebi que os motoristas estão sendo muito receptivos. Até mesmo os motoristas de transportes públicos têm sido muito atenciosos e dado contribuições.  Percebi que a alegria levada para as ruas proporcionou uma atividade diferentes às pessoas.” – Aline Troiani

“A alegria contagia as pessoas. Essa ação tem sido muito olho no olho e as pessoas se contagiam com isso. Quando o público vê os voluntários chegando com um sorriso e falam de um tema tão importante como o câncer, é difícil não quererem contribuir. Além disso, todos interagiram muito com a ação. A chuva não atrapalhou em nada, pelo contrário, foi muito refrescante.” – Ines Gutierrez

+ Notícias

Faça sua doação