DSC_0017

O começo da vida: a importância do afeto na Primeira Infância

O assunto foi tema de filme exibido aos pais e responsáveis de pacientes em tratamento no Pequeno Príncipe

DSC_0024Os primeiros anos de vida definem tanto o presente quanto o futuro da humanidade. Pensando na importância das relações afetivas e no desenvolvimento da criança, o Hospital Pequeno Príncipe promoveu nessa segunda-feira, dia 25, a exibição do documentário O Começo da Vida.

O filme tem como objetivo empoderar e sensibilizar as famílias e pessoas que convivem com as crianças da Primeira Infância, período que vai desde a gestação até os 6 anos de idade.  Além disso, convida todo mundo para ser um agente de mudança na sociedade, na medida em que a criança é diretamente influenciada pela realidade em que está inserida.

DSC_0017Desde o nascimento, as crianças estão em constante aprendizado e o afeto é fundamental para o desenvolvimento como um todo. Felipe Augusto, pai da paciente Naya, 1 ano, reconhece a importância do contato entre a família e as crianças. “Me identifico bastante com as ideias que o filme propõe. O amor que vai desde o nascimento até pequenas coisas, como o cuidado com a alimentação”, contou.

DSC_0019Muitas vezes os pais se preocupam com brinquedos caros, mas a conexão que ele constrói com o filho é o que irá fazer maior diferença.  “Sabia que teria de abrir mão de muitas coisas para ficar com minha filha, tanto que deixei meu emprego para dedicar mais tempo a ela”, declarou Thais Ferreira de Souza, mãe da paciente Natalli, de apenas seis meses.

+ Notícias

Faça sua doação