Complexo, Hospital, Instituto de Pesquisa

O adeus a Caio Júnior, entusiasta do trabalho do Pequeno Príncipe

Instituição lamenta a morte do técnico do Chapecoense, dos craques do clube, dos membros de sua delegação e de profissionais da imprensa em trágico acidente na Colômbia

dsc_0115Hoje, todo o Brasil tem um novo clube do coração. Todos são Chapecoense.

É com muito pesar que a equipe, os pacientes e os apoiadores do Complexo Pequeno Príncipe lamentam a morte do técnico do Chapecoense, Caio Júnior, dos craques do clube, dos membros de sua delegação e de profissionais da imprensa no trágico acidente aéreo ocorrido nesta terça-feira, dia 29, na Colômbia. A instituição presta sua solidariedade às famílias das vítimas neste difícil e triste momento.

Caio Júnior, Alex e Levir Culpi durante o Torneio Gols pela Vida, em 2012
Caio Júnior, Alex e Levir Culpi durante o Torneio Gols pela Vida, em 2012

Caio Júnior tinha uma forte ligação com o Pequeno Príncipe. O ex-jogador abraçou a causa da saúde infantojuvenil e participou de diversos eventos que tiveram como objetivo contribuir com as atividades de assistência e pesquisa do Complexo. Em 2012, ele esteve na terceira edição do Torneio Gols pela Vida e, ao lado de outras estrelas do futebol brasileiro, entrou em campo no Jogo dos Ídolos. Já em 2013, visitou o Hospital Pequeno Príncipe e conheceu de perto diversos setores da entidade, bem como conversou com os pequenos pacientes em tratamento e seus familiares.

No mesmo ano, Caio Júnior foi entrevistado em um talk show realizado durante a sétima Noite dos Chefs. No evento, ele falou sobre sua experiência no esporte – com passagens como técnico por diversos clubes, como Paraná Clube, Palmeiras, Flamengo e o japonês Vissel Kobe –, além do seu engajamento em causas sociais, como o Programa Gols pela Vida, que busca chamar a atenção e sensibilizar a sociedade em benefício da saúde de meninos e meninas de todo o país.

Caio Júnior foi entrevistado durante um talk show realizado na sétima edição da Noite dos Chefs, em 2013
Caio Júnior foi entrevistado durante um talk show realizado na sétima edição da Noite dos Chefs, em 2013

O comprometimento de Caio Júnior com o esporte e as necessidades da sociedade – bem como a trajetória de superação da Chapecoense e a brilhante atuação que culminou com a chegada à final da Copa Sul-Americana – inspiram e reforçam o compromisso do Pequeno Príncipe em oferecer o melhor atendimento a crianças e adolescentes de todo o Brasil, mesmo em meio às dificuldades enfrentadas por instituições filantrópicas na área da saúde.

Hoje e sempre: o reconhecimento a Caio Júnior, excelente profissional e cidadão, fortemente engajado na causa da saúde infantojuvenil.

#ForçaChape!

+ Notícias

Faça sua doação