Crédito: Luiz Augusto Costa

Complexo, Hospital

Médicos do Pequeno Príncipe são homenageados pelos 50 anos de atuação exemplar

O reconhecimento formal é uma iniciativa do Conselho Regional de Medicina do Paraná em comemoração ao Dia do Médico

O Complexo Pequeno Príncipe se orgulha por contar com médicos que fazem a diferença na vida de milhares de crianças e adolescentes. Neste 18 de outubro, Dia do Médico, quatro profissionais da Instituição receberam uma homenagem pelos 50 anos de atuação exemplar, sem qualquer sanção ética.

Crédito: Luiz Augusto Costa
Crédito: Luiz Augusto Costa

A iniciativa do Conselho Regional de Medicina do Paraná pelo Jubileu de Ouro agraciou o cirurgião pediátrico Cesar Cavalli Sabbaga, o hematologista Eurípides Ferreira, o cirurgião pediátrico com ênfase em urologia Antonio Ernesto da Silveira e o pediatra Augusto Soares Molinari.

A entrega do Diploma de Mérito Ético-Profissional e Símbolo da Medicina foi realizada em solenidade na sede do CRM-PR, em Curitiba. A cerimônia foi restrita aos familiares dos homenageados.

“Com muita honra e orgulho, esses homenageados fazem parte da história de construção do Hospital Pequeno Príncipe. Seus exemplos de postura humana e profissional servem de incentivo para continuarmos proporcionado mais saúde às crianças, aos adolescentes e familiares”, destacou o diretor clínico do Hospital, Donizetti Dimer Giamberardino Filho. “Com essa homenagem estendemos os parabéns a todos os demais médicos da nossa instituição, que se dedicam todos os dias para melhores condições de vida aos pacientes”, finalizou.

O trabalho desenvolvido pelos médicos do Hospital Pequeno Príncipe é reconhecido pela excelência técnico-científica, constante busca pelo conhecimento, importante papel na formação de novos médicos de todo o Brasil, bem como pela humanização no atendimento, ou seja, cuidado e o carinho que fazem do Pequeno Príncipe um local especial.

A homenagem

O Diploma de Mérito Ético-Profissional foi instituído pelo Conselho Regional de Medicina do Paraná em 1986, com o objetivo de homenagear os médicos que completam 50 anos ininterruptos de atividade sem sanção ético-profissional e com relevante e exemplar conduta médica. Neste ano, 66 profissionais do estado, formados em 1965, foram escolhidos para receber a condecoração após uma criteriosa análise da corregedoria da entidade.

 

+ Notícias

Faça sua doação