DSC_0015

Complexo, Hospital

Hospital Pequeno Príncipe recebe verba arrecadada pela Rede Solidária

O projeto consiste em destinar os recursos provenientes da venda de móveis, eletrodomésticos e brinquedos para instituições filantrópicas

DSC_0033A tarde desta segunda-feira, dia 14, foi de comemorações no Pequeno Príncipe. O Hospital recebeu representantes de imobiliárias e associações filantrópicas de Curitiba para a entrega dos recursos arrecadados pelo projeto Rede Solidária. A verba provém de bazares realizados pelas empresas com doações de móveis, eletrodomésticos e brinquedos feitas pela comunidade. O valor obtido com a venda é repassado às instituições.

Para a presidente da Associação Rede Solidária, Nancy Tallão, é um prazer enorme poder ajudar o próximo. “A rede surgiu da necessidade de fazer um trabalho social. Nós percebemos que juntas, as imobiliárias são muito mais fortes. Com ela, nós conseguimos auxiliar na necessidade do proprietário de se desfazer de algumas coisas, dos compradores que as adquirem em um valor muito menor e das instituições que ganham o dinheiro”, relatou Nancy.

O Hospital Pequeno Príncipe, a Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional e a Sociedade de Socorro aos Necessitados receberam 12 mil reais cada para serem investidos conforme suas necessidades. “Com o dinheiro, o Pequeno Príncipe irá adquirir computadores para áreas de suporte ao atendimento dos pacientes. O objetivo é melhorar a gestão das informações e agilidade de resposta para os serviços prestados”, explicou o Diretor Corporativo da instituição, José Álvaro Carneiro.

Em 2014, o Hospital destinou os recursos para a compra de oxímetros. Nos anos anteriores, a verba foi para a compra de alimentos para o Programa Família Participante, que incluiu os familiares no ambiente hospitalar.

Imobiliárias participantes

O projeto Rede Solidária conta com a participação de dez tradicionais imobiliárias de Curitiba: 2000, Baggio, C3, Cilar, Galvão Vendas, Galvão Locações, Habitec, J8, Kondor  e Razão.

+ Notícias

Faça sua doação