Complexo, Hospital

Hospital Pequeno Príncipe inaugura obras de revitalização do Programa Família Participante

Os trabalhos de melhoria do espaço de acolhimento vão garantir mais conforto aos acompanhantes durante o período de internamento

Com a inauguração das obras de revitalização do espaço de acolhimento do Programa Família Participante, os acompanhantes terão mais conforto e estrutura durante o tempo de permanência no Pequeno Príncipe.

Em alusão ao Dia das Mães e ao Dia Internacional da Família (15/5), o Hospital Pequeno Príncipe promoveu, na tarde desta sexta-feira (12/05), um evento especial para a entrega das obras de revitalização do espaço de acolhimento do Programa Família Participante. A iniciativa viabiliza a permanência do acompanhante em tempo integral durante o internamento das crianças e adolescentes atendidos pela instituição.

Referência para políticas públicas em prol da saúde infantojuvenil desde os anos 1980, o Programa Família Participante atendeu, de junho de 2016 a abril de 2017, mais de 11 mil famílias. Nesse período, foram distribuídos 1.855 kits de higiene, disponibilizados cerca de 15 mil banhos, entre outros benefícios – como as quatro refeições diárias e o acesso às atividades de educação e cultura.

Com as obras, viabilizadas através do Projeto Saber + Participar Melhor, os familiares e responsáveis terão mais conforto e estrutura para permanecer no hospital durante o período de tratamento. Com a ampliação, o espaço passa a contar com 2 novos banheiros e mais 4 duchas para banho, além de 25 poltronas para descanso, 162 armários com chave para uso individual, mezanino para 119 malas com elevador de carga e área para convivência e integração com acesso a computadores.

A solenidade reuniu, além da diretoria do Complexo Pequeno Príncipe, pacientes, familiares, colaboradores, representantes de empresas apoiadoras da instituição, de órgãos de defesa dos direitos da infância e adolescência e também da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Paraná. Os participantes também puderam conferir a apresentação do Coral Pequeno Príncipe Vocale II. “Esse projeto rendeu muitos frutos. A direção é incentivadora de sonhos, permitindo que ações como essa se tornem realidade”, fala Thelma Alves Oliveira, coordenadora do Projeto Saber + Participar Melhor.

Idealizadora do projeto, a psicóloga Tatiana Forte, diretora de extensão da Faculdades Pequeno Príncipe, fez questão de agradecer a todos os profissionais que se uniram para fazer desse projeto uma realidade. “É um grande sonho realizado, que trouxe inúmeros benefícios. O tempo de internamento de nossas crianças reduziu consideravelmente com a presença do familiar”, diz.

Angela Bley, coordenadora do Programa Família Participante, fez questão de destacar a importância da iniciativa para a efetividade dos princípios de humanização no Pequeno Príncipe. “Os acompanhantes sentem-se agora mais acolhidos e valorizados. Isso é realmente muito importante para as nossas crianças”, fala.

Experiência

Rosângela e o filho Kauê: Programa Família Participante faz a diferença na rotina de tratamento da criança.

Rosângela Terezinha da Silva, mãe do paciente Kauê Felipe do Pilar, de 12 anos, conta há cerca de meia década com o apoio do Programa Família Participante. Ao deixar Sulina, município do interior do Paraná, encontrou no Pequeno Príncipe todo o apoio necessário para que o garoto pudesse tratar da insuficiência renal, que culminou em um transplante de rim realizado há pouco mais de um ano. Atualmente, o menino continua em tratamento no Serviço de Oncologia. “Deixei minhas filhas para acompanhar o tratamento dele aqui. Com o Família Participante, recebo kits de higiene, refeições e tenho todas as condições para estar com ele aqui em Curitiba”, fala.

A diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro, agradeceu imensamente os apoiadores, que tiveram papel fundamental para tornar esse sonho realidade. “Vocês viram essa transformação acontecer. É característico do Pequeno Príncipe sempre querer fazer mais e melhor”, fala.

A presidente da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, Ety Gonçalves Forte, foi representada na solenidade pelo marido, Luiz Forte Neto, que fez questão de recordar a trajetória dela à frente da instituição. “Esses sonhos precisam seguir adiante e o apoio de toda a sociedade é essencial para isso”, reitera.

+ Notícias

Faça sua doação