Complexo, Faculdades

Faculdades Pequeno Príncipe realiza mais uma edição do ENEPE

Evento tem novidades em 2014 e fortalece as discussões entre ensino e as práticas de saúde

A Faculdades Pequeno Príncipe deu início nesta sexta-feira (29) ao XI Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão (ENEPE). O evento, que segue até amanhã (30) com intensa programação, tem muitas novidades, como o apoio da Fundação Araucária. “Essa parceria possibilitou trazer profissionais de outras cidades e com certeza esta colaboração resultará em crescimento científico e profissional para toda a comunidade acadêmica”, fala Patricia Rauli, diretora geral da Faculdades Pequeno Príncipe.

A programação do ENEPE caminha paralelamente com o Seminário de Pesquisa Pró-Ensino, que compreende as atividades da linha de pesquisa “Ensino, Saúde e Desenvolvimento: Rede de Saberes e Práticas”. “Esta parceria possibilita ampliar ainda mais nossas reflexões acerca do ensino e das práticas de saúde, envolvendo docentes, discentes e comunidades”, comenta Patricia.

Camila Mendes
A abertura do ENEPE contou com as participações de representantes do Complexo Pequeno Príncipe, FPP e Fundação Araucária.
A abertura do ENEPE contou com as participações de representantes do Complexo Pequeno Príncipe, FPP e Fundação Araucária.

Paralelamente ao evento, a FPP realiza ainda a IV Feira de Empregabilidade Horizontes, que tem por objetivo permitir que os acadêmicos façam cadastros em empresas/entidades de relevância em trabalhos na área de saúde, como o Grupo Marista, Hospital Pequeno Príncipe, Grupo Cetefe, CIEE e o Grupo Vita.

Fora isso, o Enepe ganhou um site específico e o registro do mesmo na Biblioteca Nacional – o que possibilitou o recebimento do ISSN. “É importante ressaltar que neste site poderão ser consultadas as versões anteriores do evento, bem como as publicações oriundas dos últimos três anos”, diz a diretora da FPP.

Para José Carlos Gehr, diretor financeiro e administrativo da Fundação Araucária, um evento como o ENEPE possibilita o encontro de todos os atores de sistemas de ciência e tecnologia em busca de soluções. “Nós precisamos investir muito forte em tecnologia e a única forma é canalizando todo esse potencial para o mesmo caminho”, completa.

Fique por dentro do ENEPE: acesse agora o site do evento –  http://pequenoprincipe.org.br/faculdades/enepe/

Evento reúne importantes nomes da área de saúde

O XI Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão (ENEPE) reúne importantes nomes da área de saúde, entre eles, o médico João Campos, que é professor da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e diretor presidente do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva (Inesco).

O profissional salientou importantes conquistas nos 26 anos de trabalho do Inesco. Este mês, por exemplo, a realização do 2.º Congresso Paranaense de Saúde Pública, em Curitiba, foi prova disso. “Tivemos mil inscritos e já estamos articulados para a realização do terceiro encontro, em 2016, em Paranaguá e Matinhos. Do primeiro para o segundo evento tivemos um hiato de 14 anos, ou seja, isso representa uma grande conquista”, observa Campos.

Para o médico, eventos como o da FPP mostram uma sinergia entre a universidade e os sistemas de saúde vigentes. “Precisamos ir além do hospital, ter uma formação multiprofissional e que sejamos capazes de operar as mudanças necessárias em conjunto”, comenta.

João Campos elogiou o recém-lançado curso de Medicina da Faculdades Pequeno Príncipe. “Fiquei muito impressionado. É muito inovador e tem tudo para ser o melhor de Curitiba”, opina.

Uma boa novidade da instituição é a revista “Espaço para a Saúde”. A publicação, que tem periodicidade trimestral, tem por objetivo disseminar conhecimentos fundamentais para a Saúde Pública/Saúde Coletiva. Mais informações no site do Inesco.

Camila Mendes
Campos proferiu palestra no ENEPE sobre Pesquisa em Saúde Coletiva.
Campos proferiu palestra no ENEPE sobre Pesquisa em Saúde Coletiva.

 

+ Notícias

Faça sua doação