As professoras Silvia e Karin comandaram a primeira atividade no Colégio Bagozzi.

Complexo, Faculdades, Hospital

Faculdades Pequeno Príncipe percorre escolas do ensino médio com o Projeto Jovem Saudável

O trabalho tem como objetivo levar informação em saúde a estudantes de Curitiba e região metropolitana

 

Kelly Roncato
As professoras Silvia e Karin comandaram a primeira atividade no Colégio Bagozzi.
As professoras Silvia e Karin comandaram a primeira atividade no Colégio Bagozzi.

A Faculdades Pequeno Príncipe também marca presença agora nas escolas de Curitiba e região metropolitana. Teve início no dia 8 de maio o Projeto Jovem Saudável: Educando Para o Futuro, que tem o objetivo de levar informação em saúde para adolescentes do ensino médio.

A primeira ação foi realizada no Colégio Bagozzi, uma das mais conceituadas instituições de ensino da capital paranaense. Silvia Hey, coordenadora do curso de Psicologia, e Karin Rosa Persegona Ogradowski, coordenadora do curso de Enfermagem, falaram sobre os temas alimentação segura, álcool, drogas e suplementos alimentares a alunos do 2º ano do EM.

Durante a palestra, os estudantes foram convidados a abrir uma caixa e ler frases aleatórias sobre os temas apresentados. Depois, a turma precisava dizer se a afirmação apresentada era mito ou verdade.

Para Caio Marvin Grossl Cruz, de 17 anos, a atividade foi muito interessante. “Gostei principalmente da parte sobre suplementação alimentar. Deu para ter novas ideias sobre o tema e saber mais sobre saúde”, fala.

Quem também ficou satisfeita com a ação foi a orientadora pedagógica do ensino médio, Celita de Oliveira. “Os temas abordados vão ao encontro da realidade de nossos alunos. Foi um momento bastante produtivo e que colabora com as atividades de conscientização que já realizamos sobre esses assuntos”, observa.

As professoras da FPP envolvidas na ação elogiaram a postura dos adolescentes, que se mostraram atentos durante todo o trabalho. “Foi muito bom poder falar a linguagem deles e discutir temas de suma importância para o seu dia a dia”, explica Silvia. “Fundamental também foi frisar a importância das escolhas que fazemos em nossas vidas”, reitera.

A professora Karin ficou entusiasmada por perceber que, além dos temas despertarem a atenção dos jovens, eles se encantaram pela área da saúde. “Estou muito entusiasmada, foi realmente bastante estimulante esse primeiro contato com os adolescentes”, finaliza.

  • SONY DSC

  • SONY DSC

  • SONY DSC

  • SONY DSC

+ Notícias

Faça sua doação