Consultas agendadas com especialistas ocorrem normalmente no Hospital Pequeno Príncipe

Apesar disso, outros setores da instituição sentem o reflexo da greve de ônibus em Curitiba

O Hospital Pequeno Príncipe está atendendo normalmente as crianças que já tinham consultas marcadas.
No entanto, alguns setores da instituição foram prejudicados por conta da greve de motoristas e cobradores do transporte coletivo. Nesta segunda-feira, dia 26, notou-se a ausência de cerca de 30% dos profissionais de enfermagem e 22 cirurgias não urgentes foram canceladas. Além disso, 50% dos exames e procedimentos da gastroenterologia foram suspensos e as áreas de manutenção e serviços foram afetadas em 80%.

Para minimizar o impacto que a greve causou na cidade, o Hospital disponibilizou transporte nos terminais de ônibus totalizando cinco rotas para que funcionários pudessem vir ao trabalho.

+ Notícias

Cissa Guimarães traz alegria e carinho a pacientes e seus familiares

A tarde desse sábado, dia 10, foi bastante movimentada em diversas áreas do Hospital Pequeno Príncipe pela presença de uma artista renomada. Com uma das vozes mais conhecidas da televisão brasileira, Cissa Guimarães trouxe mensagens de esperança e carinho para crianças e adolescentes em tratamento no Pequeno Príncipe e seus familiares. Em todos os corredores […]

Faça sua doação