exposicao_ciranda_das_artes_15_12_2014 (65)

Complexo, Hospital

“Ciranda das Artes” fecha 2014 com exposição dos trabalhos realizados pelas crianças

A inauguração do evento contou com a presença do Coral Belas Artes, que encantou a todos com um repertório natalino

exposicao_ciranda_das_artes_15_12_2014 (68)No Hospital Pequeno Príncipe, os meninos e meninas que estão internados não são apenas crianças. Alguns são escultores, outros fotógrafos e também músicos e atores. Tudo isso é possível por causa de um projeto idealizado para fazer com que a cultura ultrapasse as barreiras impostas por um hospital. Esse foi o enredo do “Ciranda das Artes”, que durante 2014 trouxe experiências artísticas diferenciadas aos pacientes em tratamento no Pequeno Príncipe. Na tarde desta segunda-feira, dia 15, painéis que mostram um registro fotográfico dos trabalhos realizados pelas crianças foram expostos na Praça do Bibinha, espaço de eventos da instituição. O Coral Belas Artes, formado por crianças, abrilhantou ainda mais o evento com músicas natalinas e que falam de esperança.

Durante a apresentação, um momento demonstrou o verdadeiro espírito natalino, crianças do Hospital e do coral uniram suas vozes para cantar por um natal e início de ano melhores. A flauta doce e o piano deram o tom às vozes e estimularam ainda mais a plateia que reagiu com palmas e sorrisos. Após a cantoria, catálogos do projeto, que ilustram os resultados das atividades desenvolvidas, foram disponibilizados para o público.

Sobre o “Ciranda das Artes”

“Acredito que a arte opera transformações e amplia direitos. É dela também que vem parte da esperança, do desejo de sorrir, da força criativa e da inspiração para buscar novos desafios, vencer obstáculos e – de fato – permitir que os cidadãos desenvolvam potencialidades, tornem-se críticos e capazes de transformar a realidade à sua volta”, relatou Ety Cristina Forte Carneiro, coordenadora-geral da CGC-CSA, empresa realizadora do projeto. A ação só foi possível graças ao engajamento dos artistas Rosy Greca, Leandro Taques, Elizabeth Titton e integrantes do grupo Malasartes, que coordenaram, respectivamente, as oficinas de música, fotografia, escultura e teatro.

Viabilizado por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, o “Ciranda das Artes” recebeu como patrocinadores as empresas ExxonMobil Business Support Center Brasil Ltda., ExxonMobil Química Ltda. e Raia Drogasil S/A.

+ Notícias

Faça sua doação