Complexo, Doe, Hospital, Instituto de Pesquisa

Centro de Simulação Realística Pequeno Príncipe inicia atividades

Nova unidade tem como foco a educação continuada dos colaboradores da instituição

 

O Centro de Simulação Realística representa a contemporaneidade para a capacitação e educação continuada.

O Centro de Simulação Realística do Hospital Pequeno Príncipe inicia oficialmente suas atividades neste mês. Para o diretor técnico da instituição, Donizetti Giamberardino, ele representa a contemporaneidade para a capacitação e educação continuada. “A vivência da simulação é transformadora, pois permite que o profissional tenha um desempenho eficiente sem ter praticado com seres humanos. Desta forma, proporciona maior segurança ao paciente”, considera.

O espaço é equipado com recursos do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) e da Audi (sala de videocirurgia).

Equipado com recursos do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) e da Audi (sala de videocirurgia), esta nova unidade promoverá educação permanente das equipes de assistência do Pequeno Príncipe e contribuirá para a formação ainda mais qualificada dos seus profissionais. “Nos últimos anos, melhoramos nossos indicadores e alcançamos um patamar de resultados excelente. O caminho para continuarmos avançando a partir daqui exige a educação continuada de todos os nossos colaboradores”, destaca o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro.

Para dar suporte às atividades, o Hospital formalizou parceria com a IBKL, empresa especializada em soluções educacionais para profissionais da saúde.

Ao longo deste ano, serão oferecidas mais de 1,2 mil vagas para os profissionais da enfermagem e corpo clínico, em dez diferentes cursos, que se somarão às três capacitações já realizadas no primeiro trimestre. Para dar suporte às atividades, o Hospital formalizou parceria com a IBKL, empresa especializada em soluções educacionais para profissionais da saúde. “A assistência ao paciente requer habilidades manuais e técnicas consagradas para que seja segura e livre de danos. O aprimoramento destas técnicas, em ambiente de laboratório, desenvolve o colaborador, trazendo mais segurança para ele e para os pacientes”, destaca a vice-diretora de Enfermagem, Junia Selma de Freitas.

O diretor presidente do IBKL, Josier Vilar, ressalta a importância de fazer parte da formação dos profissionais do Pequeno Príncipe: “Passar a fazer parte da vitoriosa história de um projeto assistencial do porte do Hospital Pequeno Príncipe, orgulho do Paraná e do Brasil, é uma honra para o IBKL”, finaliza.

Simulação

Profissionais do Pequeno Príncipe estão se capacitando para serem instrutores do Centro de Simulação Realística.

Utilizando cenários clínicos, a simulação realística é um método de treinamento inovador, que permite aos profissionais e estudantes vivenciarem situações próximas da realidade, possibilitando a experiência prática em ambiente seguro. “Estamos nos equipando com alguns dos melhores simuladores pediátricos. Possuímos um ambiente projetado para favorecer o treinamento em simulação. Nossos futuros instrutores, todos do Hospital, estão se capacitando. Acredito que a cultura da prática com simulação conquistará nossos profissionais e que isso irá gerar muito conhecimento e troca de experiências”, conclui o coordenador do Centro de Simulação Realística Pequeno Príncipe, Eduardo Gubert.

+ Notícias

Faça sua doação