Complexo, Doe, Gols Pela Vida, Hospital, Instituto de Pesquisa

Anjos de quatro patas trazem a magia do Natal ao Hospital Pequeno Príncipe

Parceria com a ONG Amigo Bicho possibilita que cães venham até a instituição para interação com as crianças e adolescentes atendidos nos ambulatórios

Giovane Braz, 9 anos, de Guaíra, adorou a visita de Natal dos amiguinhos da ONG Amigo Bicho.

O Natal inspirou uma visita especial ao Hospital Pequeno Príncipe. Às vésperas da data, cães de diferentes raças e tamanhos vieram à instituição, no dia 17 de dezembro,  caracterizados e transformaram a rotina das crianças e adolescentes que passavam pelos ambulatórios, Praça do Bibinha e Jardim do Sonhos.

Como renas ou “noéis”, os cachorros, muitos deles resgatados pela organização não governamental, devidamente higienizados e bastante dóceis, conquistaram os pequenos e os adultos. “Esse encontro desperta nas crianças a afetividade. É muito grande a interação entre eles, que traz o desejo de brincar e compartilhar alegria”, fala a coordenadora do Setor de Voluntariado do Pequeno Príncipe, Rita Lous.

A ONG Amigo Bicho organiza visitas mensais ao Hospital Pequeno Príncipe.

Voluntária da ONG Amigo Bicho há quase uma década, Mariza Ayres destaca que a ação, realizada também em entidades como a Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, Hospital Cajuru e Instituto Paranaense de Cegos, traz ânimo e amor a esses espaços. “É uma forma de esquecerem a dor, a rotina de tratamentos e medicamentos. Atitudes assim ajudam a semear o amor”, reitera.

Encantamento

Há mais de 60 dias no Pequeno Príncipe, Giovane Braz, 9 anos, de Guaíra, dividia a atenção entre os cachorros e a câmera fotográfica. “Tenho duas cachorras em minha casa. Gosto muito delas e estou com saudade. Os cachorros são brincalhões e amigos verdadeiros”, comenta.

Quem também não escondia a felicidade com a visita era Maria Eduarda dos Santos, 6, de Japira. “Eu tenho codornas, passarinhos e peixinhos, mas agora quero um cachorro. Ele pula na gente e dá para dar abraços”, empolga-se.

Maria Eduarda dos Santos, 6, de Japira, sonha em ter um cãozinho.

+ Notícias

Faça sua doação