dsc_0119

Complexo, Hospital

Ação leva voluntários para as ruas em prol da saúde infantojuvenil

Participantes do “+ Vida: Juntos Somos +” arrecadam recursos com motoristas e pedestres para os trabalhos realizados pelo Hospital Pequeno Príncipe

Até amanhã, sábado, dia 8, motoristas e pedestres que passarem pelas ruas da região central de Curitiba terão a oportunidade de colaborar com uma causa nobre. Dezenas de voluntários tomaram as esquinas de vias movimentadas da capital paranaense na segunda edição da ação “+ Vida: Juntos Somos +”, em prol do Hospital Pequeno Príncipe.

A iniciativa é realizada em locais próximos à instituição, que contam com grande fluxo de pessoas e veículos. A ideia é propagar a necessidade de apoio à saúde infantojuvenil e arrecadar recursos para o desenvolvimento das atividades que contribuem para transformar a vida de milhares de crianças e adolescentes de todo Brasil.

Devido às condições meteorológicas, o projeto, que deveria ter início na quinta-feira, dia 6, foi adiado para esta sexta, dia 7. O número de esquinas, inclusive, aumentou de 6 para 12 por conta da alteração realizada no calendário. Depois da fase de inscrições e de um treinamento básico para compreender o trabalho realizado pelo Pequeno Príncipe há quase um século, os participantes – organizados em grupos – mobilizaram a população para debater o tema e contribuir.

????????????????????????????????????

Para Wesley Lopes Magalhães, de Mandirituba, a participação no “+ Vida: Juntos Somos +” foi a oportunidade de retribuir todo o carinho que recebeu dos médicos e da equipe do Hospital. “Como nasci com meus dois pés tortos, me tratei dos meus 15 dias até os 15 anos no Pequeno Príncipe. Sempre fui muito bem acolhido. Até hoje, eu e minha família sempre fazemos doação de sangue em favor do Hospital”, conta.

Com a filha em tratamento oncológico no Pequeno Príncipe, Érica Cristina Martucci também fez questão de ir para as ruas. “Pude ver o tamanho do trabalho que o Hospital realiza, ajudando gente do Brasil inteiro”, fala.

Parceiro do Pequeno Príncipe há mais de uma década, o chef Fabiano Marcolini aprovou a iniciativa. “Achei uma atitude corajosa e que pede muita disposição. Tem que fazer mesmo ações como essa, ir até esses potenciais doadores. Gostei dessa movimentação na minha esquina, tanto que fiz questão de oferecer bolo e café para tornar mais agradável e confortável o trabalho dos voluntários”, comenta.

A assistente social Izabel Maria Andrade de Souza reforça a importância dessa corrente do bem. “Cada um fazendo um pouco, podemos ajudar muito essas crianças”, diz.

Ex-craque do Coritiba também vai às ruas

dsc_6164

Motoristas e pedestres que transitavam por uma movimentada esquina da região central de Curitiba na tarde desta sexta-feira, dia 7, foram surpreendidos por um ídolo da torcida coxa-branca em uma ação mais que especial. O ex-jogador Tcheco, em companhia da namorada, a apresentadora de tevê Kelly Pedrita, saíram às ruas em busca de doações para os trabalhos de assistência e pesquisa do Hospital Pequeno Príncipe.

Devidamente uniformizados e engajados, Tcheco e Kelly divulgaram a causa da saúde infantojuvenil e interagiram com a população. “Já temos outros engajamentos com o Hospital e essa acaba sendo mais uma oportunidade de colaborar. Não somos nós que ajudamos o Pequeno Príncipe, acho que é um bem que fazemos primeiro para a nossa alma e contribuindo para essa causa nobre com a ajuda de todos”, observa o atleta.

Kelly, que nunca tinha participado de uma ação de rua, adorou a experiência. “Não imaginava a dificuldade, o trabalho e o cansaço, mas é muito legal ajudar as crianças em tratamento no Hospital e perceber que as pessoas realmente se importam, compreendem a necessidade de apoiar e acabam doando”, comenta.

+ Notícias

Faça sua doação