Alergias de inverno

O tempo seco não faz mal somente para a respiração, todo o corpo sente. A pele dos bebês e crianças, por exemplo, além de ficar ressecada, pode desenvolver alergias. A hidratação é a melhor forma de evitar e/ou resolver o problema. Mas deve-se usar produtos indicados para cada faixa etária. A dermatologista do Pequeno Príncipe, Maraya Mainardi, aponta que utilizar sabonetes e hidratantes não indicados pode agravar ainda mais os casos de alergias e desenvolver patologias crônicas.

+ Fala, Doutor

Vacinas

Campanha de multivacinação vem relembrar a importância das vacinas e também de se fazer o reforço delas, ou seja, de tomar a segunda dose quando indicado durante todo o ano.

Autismo

O autismo ainda é cercado de muitas dúvidas e preconceitos. E o diagnóstico precoce faz toda a diferença para o tratamento e, consequentemente, na qualidade de vida do paciente. O neurologista pediátrico, Antônio Carlos de Farias fala sobre o assunto.

Crise de choro

Algumas crianças, ao ter crises de choro, podem perder o fôlego e até mesmo desmaiar. Existem vários motivos que desencadeiam essa condição.

Tempo seco

O tempo muito seco e a baixa umidade do ar deixam a condição atmosférica mais propícia para a proliferação de vírus e bactérias. Sem a hidratação mínima das mucosas, as doenças respiratórias são mais frequentes. E o que fazer para amenizar isso?

Acidentes domésticos

Os acidentes domésticos são a principal causa de morte em crianças e adolescentes até os 14 anos no Brasil, de acordo com levantamento da ONG Criança Segurança. E o Hospital Pequeno Príncipe é referência em atendimentos de urgência e emergência nesses casos. O pediatra intensivista, Eduardo Gubert, fala o que fazer quando os acidentes acontecem e dá dicas de como evita-los.

Faça sua doação